DO DO SURGIMENTO À SUSPENSÃO: A AVALIAÇÃO DOCENTE EM BELO HORIZONTE

A AVALIAÇÃO DOCENTE EM BELO HORIZONTE

  • Fábio Júnio Mesquita Universidade do Estado de Minas Gerais

Resumo

O presente trabalho busca compreender a avaliação docente realizada pela prefeitura de Belo Horizonte. Por meio da revisão bibliográfica de trabalhos acadêmicos, legislação e produções do sindicato dos trabalhadores da educação e das considerações feitas pelos autores que nortearam esse trabalho, percebeu-se como a construção da lógica avaliativa da PBH, em relação ao trabalho docente, consistiu em um longo processo, que envolve concepções educacionais e também políticas, como eixos norteadores dos decretos públicos. Permitiu ainda, concluir que ao avaliar o trabalho docente, não se deve limitar esta avaliação a questões ligadas a benefícios salariais, visto que estes podem não ser pagos, e sim ampliar a dimensão avaliativa para a conscientização das/os educadoras/es, possuindo um caráter de significação profissional

##plugins.generic.usageStats.downloads##

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-07
Como Citar
MESQUITA, Fábio Júnio. DO DO SURGIMENTO À SUSPENSÃO: A AVALIAÇÃO DOCENTE EM BELO HORIZONTE. Revista Interdisciplinar Animus, [S.l.], v. 1, n. 8, p. 5-18, nov. 2019. ISSN 2448-0665. Disponível em: <https://animus.plc.ifmt.edu.br/index.php/v1/article/view/28>. Acesso em: 25 july 2024.