A AUDITORIA DE SISTEMA NAS ORGANIZAÇÕES COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PATRIMONIAL DOS RECURSOS COMPUTACIONAIS

  • Aline Espíndola Vieira Instituto Federal de Mato Grosso

Resumo

No contexto deste artigo é feita uma abordagem sobre a relevância da Auditoria de Sistema nas organizações, uma vez que a informação é um ativo de grande valor e deve ser adequadamente protegida. A Auditoria, por buscar identificar evidências através das coletas de provas e da análise de sua confiabilidade, com intuito de promover a eficiência, eficácia e a economicidade nas organizações, se credencia para ser suporte de uma política de proteção da informação, pois se utiliza do processo informatizado e da própria dinâmica de operação a fim de avaliar, averiguar, identificar e propor um direcionamento dos fatores de produção, de modo a contribuir para a maximização do lucro nas empresas, pela segurança de seus sistemas. Assim o objetivo deste trabalho foi o de identificar o papel da Auditoria de Sistema e sua importância no planejamento e nas operações das organizações, para tanto adotou uma metodologia pela maior familiaridade com o problema, envolvendo um levantamento bibliográfico e entrevistas com pessoas que tiveram experiências práticas, constituindo-se numa Pesquisa Científica Exploratória, na forma de Pesquisa Bibliográfica. Como resultado concluiu-se que a Auditoria de Sistema é relevante quando estabelecida e adequada ao nível de cada empresa, quando se integra ao planejamento, se mostrando necessária como área específica e estruturada com inserção no organograma da empresa, ademais suas evidenciações e suas orientações vão ao encontro das mais modernas técnicas de gestão patrimonial dos recursos computacionais, gerando procedimentos com o caráter corretivo e preventivo que amenizam ou evitam problemas maiores e danos financeiros resultantes do sistema logístico da entidade.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-09-18
Como Citar
VIEIRA, Aline Espíndola. A AUDITORIA DE SISTEMA NAS ORGANIZAÇÕES COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PATRIMONIAL DOS RECURSOS COMPUTACIONAIS. Revista Interdisciplinar Animus, [S.l.], v. 1, n. 6, p. 54-67, sep. 2018. ISSN 2448-0665. Disponível em: <https://animus.plc.ifmt.edu.br/index.php/v1/article/view/16>. Acesso em: 25 july 2024.